Pra descansar os olhos…

Desde quinta feira as coisas estão mais ou menos paradas aqui, porque quinta foi feriado, e o dia depois do feriado aqui (em Göteborg) é mais ou menos feriado também. Ah, e hoje também é feriado, por isso tivemos um feriado prolongado.

Feriado é engraçado porque todas as coisas funcionam – exceto as partições públicas – mas lojas, mercados, afins – enfim – o centro comercial é aberto. Isso significa que quem trabalha nesses dias ganha mais. Outra coisa engraçada é que quinta feira era um feriado cristão… em uma Suécia declaradamente ateísta, temos um feriado por causa da ascensão de Cristo. Para mim isso já é um bom motivo para agradecer a Deus!

Então, tantos dias de morga, eu fui para Sjövik, para a casa dos pais do Joel, uma vez que meu amado estava em viagem. Eles tem uma casa linda lá, e bem pertinho está o lago Mjörn. A Suécia é o país dos lagos, tem sempre um perto de você (gostou do jingle?)! Aliás, a palavra “sjö” (en sjö) significa lago, e “vik” (en vik) é baía; então Sjövik seria baía do lago, em uma tradução livre (minha).

Eu estou sem trabalhar, comecei agora a estudar mas tem uma coisa que é sempre maravilhosa de a gente fazer, não importa o quão cansados ou descansados estamos, que eu chamo de descansar os olhos: simples e tão somente encher as vistas com uma bela paisagem.

Mas eu não estava com tanta sorte assim, e quinta feira foi um dia carancudo e frio. Ainda assim na tarde fui dar uma volta de bicicleta com a Florence e Josefin. A paisagem é fantástica… A Suécia é linda de se ver toda verde, e com o lago perto tem também um cheiro maravilhoso de verão.

O Joel voltou na sexta a noite e no sábado fomos para o mar. Dia quente, mas no mar tem um vento bem gelado; enfim não importa porque a idéia sempre é ter um tempo bom, faça chuva ou faça sol. É uma hora de spårvägn até Saltholmen, e de lá mais 30 minutos de barco. Chamamos a Jenixa e o Frederik – ela é da Nicarágua, minha primeira amiga aqui, e passamos uma tarde lagarteando um pouco, e descansando os olhos na Ilha de Stirsö.

Dai ontem fizemos um pequeno passeio de moto, ao redor do lago Anten. Que coisa maravilhosa!! Eu brinquei com o Joel que me senti uma Bond Girl pois a estrada me lembrou os filmes de James Bond e ainda mais porque havia um encontro de carros de época perto de Alingsås, e vimos muitos Cadilacs e todos os tipos de cupês que se possa imaginar (ok, nem todos).

Voltamos até Sjövik, passeamos de caiaque e tomamos banho no lago (gelado). Tá bom! Eu não fiquei nem 5  minutos dentro da água, só pulei no lago e saí, mas foi bem divertido e nem estava tão frio como eu imaginei. Depois, vou lá eu saber se vai haver mais um dia de verão nesta Suécia com inverno verde?

Fica a dica, para quem precisa: o Lago Mjörn, o Lago Anten e as ilhas fora de Saltholmen são lugares perfeitos para descansar os olhos…

Mas não esqueça o casaco!

Aquele pequeno ponto vermelho sou eu!

Anúncios

2 comentários sobre “Pra descansar os olhos…

  1. Olá. Meu sonho é morar na Suécia pelas suas lindas paisagens, pelo estilo de vida, pela neve, por tudo. Minha prima mora em Estocolmo e ela me falou que a Suécia é linda e sua história também, por isso quero morar lá, acho sua hitória linda. Confesso que tenho um pouco de receio, porque acho que não vou conseguir me adaptar nem conseguir um emprego e não conseguir falar sueco que pelo jeito é bem difícil. Depois que terminar minha faculdeda de Medicina, quero ir pra Suécia. Quem sabe não nos encontramos? Adoraria te conhecer, pois acho você uma pessoa muito verdadeira e extrovertida pelo jeito que você escreve. Adoro seu blog, por favor não pare de escrever. Abraço.

  2. Oi Milena!
    Venha para Suécia sim, mesmo que seja para passear. Acho que é um pouco complicado aqui ter a licença de médico quando se tem o diploma em outro país… eu não sei como andam as coisas mas certas profissões tem uma regularização que impede a validação do diploma obtido fora da Suécia (é preciso verificar se a Medicina está entre elas). Então se exercer a medicina é seu sonho… fica a dica: você nunca pensou em fazer um estágio com a Cruz Vermelha? Conheço várias suecas que fizeram essa experiência (na África) fora da Europa e disseram ter sido maravilhoso! O idioma é difícil de aprender mas nada é impossível e se você estuda medicina deve ser alguém que gosta de ter a cara nos livros, não vejo então nenhuma dificuldade!
    Puxa, obrigada pelos elogios e… quem sabe né? A vida é uma caixinha de surpresas, vai que a gente toma um café juntas um dia desses?
    Beijos!

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s