Problema cabeludo

Sabe aquela história de que tudo que você come influencia a aparência da pele e dos cabelos? Acredito piamente. Depois que eu mudei meus cabelos não são mais os mesmos e infelizmente eu percebo que isso não é somente por causa da falta dos meus velhos e conhecidos produtos para os cabelos.

Um, que eu sou preguiçosa ao extremo com questões de beleza e gosto de tudo que possa ser muito prático. Meus cabelos são compridos e ondulados [ao natural], mas eu fiz uma progressiva há algum tempo – muito tempo, diga-se de passagem – e por isso eles estão mais ou menos lisos ainda. O bom da escova progressiva que eu fiz – Isaaaaa que falta você me faz!!! – é que além de alisar o cabelo fazia uma hidratação profunda. Resultado: cabelos lisos, brilhantes, maleáveis, fáceis de arrumar e sem nós. Eu podia ir para um show de rock [se eu gostasse] e tocar o terror a noite inteira. No fim só precisaria pentear com os dedos e voilá! Linda em 30 segundos. Dois, eu não como mais do mesmo. Não que eu coma porcarias porque eu como muita fruta por exemplo, mas sei lá, nada é igual antes.

Atualmente estou numa transição para o black power. Porque se eu durmo ou vou para o vento o cabelo fica em pé. E com relação ao vento, Göteborg é como Cascavel, então quem conhece pode imaginar o resultado. Nada mal para uma cultura em que a maioria esmagadora das mulheres tem um cabelo liso – lisíssimo, daqueles que não se revoltam por nada – e que, por esse exato motivo, sonham com uma cabeleira um tantinho que seja revoltada e volumosa. Tanto que, para meu horror e desespero, a primeira vez que eu [quase] comprei um produto para cabelos no mercado eu simplesmente peguei a primeira coisa em que eu vi a palavra volume – nada mais natural, uma vez que todos os produtos que eu conhecia até então eram para o controle ou redução do volume. No caminho para o caixa eu percebi que o produto não era redutor de volume, e sim maximizador de volume. Voltei correndo para a prateleira e me vi em um thriller medonho onde de todos os produtos saltavam as letras como que gigantes diante do meus olhos: max volume! Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!

Comprei uma máscara com queratina, a única que encontrei com a embalagem em inglês, para reestruturação capilar. Nota: uma série de produtos apresentam as instruções da embalagem apenas em sueco, norueguês, dinamarquês e finlandês; é mole? Usei e abusei, mas a minha disciplina é tanta que o resultado não é muito positivo. Ao final, nem posso dizer se o produto é bom ou não é, porque eu não tenho paciência para ficar com ele na cabeça durante os 7 minutos recomendados pela embalagem.

To me coçando para ir para um salão, oscilando entre o sentimento de pânico e desespero. Pânico, porque eu amo meu cabelo comprido, e ia ter um piti se alguma cabeleireira “criativa” resolvesse picotar ele para dar volume, por exemplo. Oj! Nem posso imaginar. Desespero porque a cada dia eu vejo meu cabelo com mais e mais nós, e nó no cabelo é sinal de alerta: cabelo com nós=cabelo gritando por hidratação.

Eu sei que preciso cortar alguns centímetros do meu cabelo para melhorar o aspecto. Mas alguns centímetros para mim significam um dedo ou dois, aquele tipo de corte que é o desespero dos homens (amor… reparou que eu to diferente? Cortei 0,5 cm do cabelo hoje!), e não 10 cm. Cabelo curto é lindo, e principalmente lindo para quem gosta de ter cabelo curto. Eu quero minha longas madeixas!! E quem tem longas madeixas sabe o quanto é preciso esperar até poder usar o adjetivo “longas”.

Hoje, me enchi de coragem e enchi o saco do Joel para ir comigo à um salão. Eu já tinha entrado lá e visto alguns produtos da Matrix, então achei legal. Foi muito engraçado porque na hora que o Joel terminou de fazer a pergunta a mocinha que nos atendeu perguntou se eu buscava produtos, e eu disse que ‘não, quero fazer um tratamento aqui’, e quando o Joel terminou de traduzir ela disparou maravilhas a respeito de um tratamento brasileiro fantástico que…

Custaria entre 2500kr e 3000kr, por causa do tamanho do meu cabelo.

oO

O problema não é [apenas] o fato de o tratamento custar entre R$600 e R$750 reais, porque aqui tudo com relação a cabelo e beleza é muito caro. Ninguém faz unha por menos de 150kr (quase R$40). Só a mão, pé é mais o mesmo valor – e elas não tiram a cutícula, apenas empurram. O problema é que eu não conheço o Brazilian Blow Out [na internet todas as pesquisas relacionadas dão resultados como: mulheres loucas pelo Brazilian Blow Out! Sucesso! Lindo!!! mas é internet né?], alguém que tenha feito o tal tratamento, e muito menos a mocinha que estava tão entusiasmada explicando a coisa toda – que enfim é uma escova progressiva ou inteligente. E quando ela arrematou com “eu uso no meu cabelo”… bem, basta dizer que não me entusiasmou.

Resultado: nem tive coragem de entrar em outro salão pra continuar a pesquisa. O Joel apenas sorriu… e eu continuo com meu dilema cabeludo: ir ou não ir [ao salão], eis a questão! Gastar tudo isso sem saber se eu ainda vou ter cabelos 15 dias depois do tratamento? Comprar mais algum outro creme que eu consiga ler o rótulo e me amarrar para esperar os 7 minutos? Recorrer a tratamentos caseiros? Aproveitar os nós do cabelos e fazer dreadloks?

Alguém com uma dica?

Anúncios

9 comentários sobre “Problema cabeludo

  1. Por aqui é assim tb, tudo é os olhos da cara.

    Se vc for em um salão bom, de confiança, um corte e umas luzes não saem a menos que $70-80 dólares. Aparar as pontas é bom e vou com vc, gosto tb do meu cabelo comprido principalmente no inverno pq aquece o pescoço e as orelhas, rs!

    Bjos

  2. Menina, sei bem o q está passando. Esse verão meu cabelo tá super rebelde; ano passado não tive problemas com ele…
    Meu cabelo é ..aliás, nem sei mais como meu cabelo é! No Brasil vivia com escova, chapinha…lá era crespo, rebelde mas com o tempo foi ficando meio liso, sem formato de cachos…um coisa q só escova resolvia.

    Qdo vim pra cá, trouxe shampoo pra diminuir volume, cremes para cabelo crespo…sabe o q aconteceu? aposentei todos! sim, sabe pq? o inverno é seco, cheio de estática…e os cabelos volumosos murcham…por isso e pelas suecas terem pouco cabelo é q chovem produtos para dar volume. Meu cabelo ficava super arrumado, liso no inverno. Tá, isso não significa que uso produtos para dar volume, mas aos poucos vc acha produtos bons. No comeco eu usei marcas conhecidas dos brasileiros (como elseve (elvital), dove ou seda (q esqueci o nome aqui). Atualmente uso produtos da marca Syoss e recentemente descobri a marca John Frieda que tem produtos para diminuir o frizz,fazer cachos…recomendadíssimo!! só q aqui só vende na Lindex, Ahlens e acho q na H&M não sei…vale a pena…Ah..tem uma linha da Lóreal profissional q só vende em cabeleireiros e todo mundo q usa fala q é muito bom, ainda nao comprei, mas usei emprestado uma vez e é bom mesmo!

    Espero ter ajudado de alguma forma…

  3. Oi Mari!!!

    Me ensinaram uma receita com óleo de côco (aonde vai o acento mesmo???) haahsuahohpUHApsuhpuHAs =]
    espero que seja beeeeem nutritiva para o cabelo! heheh… hoje uma pessoa perguntou: o Maria, e esse cabelo? Ainda não tenho certeza se ela brincou ou comentou por causa do blog…

    Abraço!

  4. Oi Gi!!!

    Estou chocada! Eu sabia que era caro mas não imaginava que era tanto!! Eu quase desanimei… menina meu salário é meio pequeno para isso! Tenho que economizar… hehe!

    Abraço!

  5. Maria!
    Estou me divertindo muito lendo seu Blog…
    Aiii flor, mas to com dó de vc aí sem a Isa mesmo….Kkkkk

    Abraço!

  6. Oi Pati!
    Bem vinda ao blog!!

    Sem a Isa e sem uma irmã!!! Porque irmã nessas horas sempre dá um jeito, né? Mas a Gio falou que tá me mandando uns produtos, então agora só me falta a Isa… pior que nem tem chance né? Diz que ela tá tãooo feliz e que a menina dela é linda… ai, ai, vou me conformando…
    =P

    Que legal saber que você lê!! As vezes eu vejo as estatísticas e sei que as pessoas ai estão lendo, mas não sei quem é. É tão interessante saber porque ai quando eu escrevo eu imagino que tô conversando com cada um. Tenho saudades suas!

    Beijos!!

  7. ooowww.. descobri um poroduto otimo pra deixar o cabelo bem lisinho!
    oleo!
    mentira… dhahsduhas… eh um leite da garnier fuctis… (tem isso por aew?) http://www.youtube.com/watch?v=GCSdp-KX-Xo ( eu só uso o spray e o condicionador, e nem precisa escovar é só secar com o secador, no seu caso)
    experimenta se puder! se ai naum tem me avisa te mando um pelo correio… em troca de uma barra de chocolate de uva huuuuummm!
    hehehe
    bjo

  8. Pingback: Lar doce lar #02 « Uma Caipira na Suécia

  9. Pingback: Pequenas Grandes Coisas da Minha Vida Sueca #17 « Uma Caipira na Suécia

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s