Pequenas Grandes Coisas da Minha Vida Sueca #12

Esse vai ser rápido e rasteiro apenas para comentar a respeito da validação do meu diploma: há uma semana eu fui para o Vuxutbildning (o mesmo espaço público no qual você faz a inscrição para o SFI) pedir informações sobre o processo de validação, se eles ofereciam algum apoio, qual apoio e como fazer. A atendente foi muito clara e objetiva, explicou que você pode solicitar a validação via Vuxutbildning, mas que para isso a mesma deve estar traduzida do idioma original para inglês ou sueco por um tradutor oficial – e que esta tradução não é feita pela Vux.

Os documentos a serem traduzidos são o diploma e histórico escolar do curso, onde constam as notas e todos os cursos complementares e etc que você fez durante a formação. No meu caso são um total de 6 páginas, e eu fiz um orçamento no Brasil e custariam R$ 482,00. Conseguimos um tradutor juramentado aqui mais barato (1500kr, cerca de R$375). A Maíra do blog Sonhos Escandinavos disse para mim que ela iria traduzir (ou tentar a tradução) via Arbetsförmedlingen. Eu fui ate o A pedir informações e eles me disseram que isso não existe aqui em Göteborg. Nao sei se realmente não existe, se sou eu ou eles que tem um pé comigo, porque só consigo nada vezes nada do A.

Depois disso, resta apenas preencher um formulario, anexar os documentos traduzidos, deixar no Vuxutbildning e esperar cerca de 6 meses. E torcer. Eu não vou ter acabado o sueco ainda dentro de 6 meses, mas acho que vai elevar em alguns graus a minha auto-estima essa validação. Mas não significa que poderei procurar emprego como assistente social tao logo receba os resultados, provavelmente terei de estudar disciplinas complementares – talvez um ano ou até dois de universidade.

Mesmo assim, to ansiosa…

PS.: Para os orçamento basta enviar para o tradutor os documentos escaneados, dai que você pode fazer isso do Brasil mesmo – se estiver com pressa – com a ajuda do partner. Mais informações sobre a validação de diplomas na Suécia aqui.

Anúncios

15 comentários sobre “Pequenas Grandes Coisas da Minha Vida Sueca #12

  1. A minha saga e um pouco mais longa. Em 2010 enquanto eu estava no Brasil aguardando o meu visto, acabei arrumando um emprego e tive que tirar uma copia do meu diploma pra empresa. Acontece que perdi o diploma saindo da copiadora (nao me pergunte como) e agora a Universidade requer que eu solicite outro pessoalmente. Eu tenho o historico com as notas, mas o diploma mesmo so requerendo novamente. O reitor enviou um documento depois de tantos pedidos dizendo que eu havia colado grau e a data, assinou, mas mesmo assim o orgao que legaliza aqui na aceitou. Ou seja preciso ir atraz disso. Como a vida anda muito ocupada eu parei um pouco de pensar sobre o meu diploma, mas tambem e necessario traducao juramentada para o ingles (aqui aceitam em alemao tambem) ou holandes e 150 euros para validacao que demora ate 3 meses.

    beijos

  2. Oi Dani!
    Você vem morar na Suécia?
    Acho que ficou mal formulada a frase. Você não pode fazer todo o processo no Brasil porque para validação é necessário o personnummer que você recebe aqui na Suécia. O que você pode fazer com a ajuda do partner é procurar por mais opções de tradutores. Para isto você escaneia os documentos, cria um doc PDF e manda por e-mail para os escritórios de tradução, que te mandam um orçamento. Depois de traduzidos os docs são enviados por correio para a residência do requerente (na Suécia). Acho que isso poupa o stress de ficar carregando para cá e para lá documentação. O site onde se encontra os tradutores oficiais na Suécia é o http://www.kammarkollegiet.se
    Se você vai traduzir os documentos no Brasil precisa de um tradutor juramentado oficial.
    Eu tenho o e-mail de alguns escritórios aqui na Suécia para o qual solicitamos orçamento, se você quiser.
    Abraços

  3. Oi Simone!

    Espero que seu caso se resolva logo… sabe que eu não pude deixar de rir quando li seu coments. Não porque ache que a situação é cômica, mas porque eu perdi o meu passaporte saindo do Consulado Sueco em São Paulo. É para acabar não? Sorte que eu já havia xerocado e autenticado cópias do mesmo, ainda assim tive de fazer um B.O. em Sampa e ainda pagar o dobro para fazer o novo passaporte…
    Abraços!

  4. Hej hej =)
    Eu gostaria de saber se realmente tem como começar a trabalhar na Suécia sem ter o Sueco fluente, apenas com o básico eu posso trabalhar? Eu quero muito trabalhar na Suécia, aproveitar o meu visto , e não perder tempo, mas sempre tem alguém que desanima dizendo que primeiro preciso falar e entender tudo. Onde eu posso procurar ? Aonde fornece oportunidade para quem esta aprendendo o idioma? Voce conhece alguem que ajuda em relação a isso? garçonete, auxiliar, serviços de limpeza, para qualquer coisa eu ouço que preciso falar e entender tudo primeiro. Eu espero que uma brasileira ( voce rs ) possa me dar uma luz com isso. Obrigada pela existencia de seu blog. Puss puss *

  5. Oi moça!
    Quando você consegue se “virar” em sueco pode tentar emprego. O que eu te digo é trabalhe muito a sua pronúncia, suecos querem que você fale certo, isso é mais importante do que falar muito. Eu comecei depois de 4 meses fazendo faxina com uma empresa em que só haviam latinos trabalhando. Não sei onde você mora, mas deve haver alguma empresa de estrangeiros por ai. Serviço de lavar louça em restaurantes por exemplo mesmo suecos não se importam muito se você não fala maravilhas. Mas fale para fora, fale alto e claro. Ainda a questão de empresas com estrangeiros, é muito bom, mas é bom para começar, e tem que ficar de olho aberto. Muitas dessas empresas querem que você trabalhe preto, e outras pagam salários ruins. A empresa que eu trabalhei é de uma brazuca que mora há quase 20 anos aqui na Suécia, tem família sueca e etc. É sempre melhor entrar numa empresa sueca: você aumenta sua rede de suecos, é obrigada a aprender sueco na marra, é obrigada a melhorar o sueco e usar ele no dia a dia.
    Eu já te perguntei onde você mora?
    Abraços

  6. AAAH muuuito obrigada por ter me respondido.
    Finalmente uma brasileira perto para poder conversar. ( Ás vezes bate um tééédio ).

    Eu moro em cidade pequena chamada Svenljunga, a cidade próxima que normalmente as pessoas conhecem se chama Borás. Fica mais ou menos 40 minutos de onde eu moro. Agora eu estou no RJ mas provavelmente no próximo mês estarei aí aproveitando o meu tããão esperado visto, está pronto, mas preciso aguardar mas um pouco . Estudei durante 3 meses no SFI, durante o mês de Dez(2011),Jan e Fev(2012). Estive aí com o tempo de turista mas ja estava aguardando o processo do meu visto.

    Fiquei muito animada ao ler as palavras: empresa de estrangeiros . Sinal de que existe ( não aonde eu moro porque a cidade realmente é pequena) mas ameei saber da existencia.

    Mas caso eu conseguisse um emprego ( espero que logo ) em Gõteborg não seria um problema e sim uma meega solução. Meu namorado ( sambo ) quer trocar de cidade, e eu conseguindo algo em Goteborg , então podemos ver moradia por perto.
    Há familiares ( dele ) suecos que vivem na mesma cidade que voce (Creio que li que voce é de Gõteborg). Então mesmo que não haja uma moradia própria eu teria aonde dormir.
    O principal é não ficar procurando obstáculos e sim tentar facilitar para evoluir.

    E sobre a pronúncia, eu concordo com você, e agradeço pela dica, porque o que eu mas faço ( praticamente é só isso ) é estudar Sueco aqui no Brasil. Como eu disse antes, eu não quero perder tempo.

    Voce saberia me dizer sit’s ou indicar os lugares, ou o lugar, que você saiba sobre empresa de estrangeiros?

    Conheço apenas SFI para estudar. Mas uma específica que ajude os entrangeiros em questão de emprego eu não sei de nenhuma(como uma agencia).

    ( Eu realmente estou feliz de você ter me respondido , e demonstrar interesse sobre aonde eu moro)

    *Tack tack =)

  7. Mais uma coisa…

    Empresas de estrangeiros que eu digo são empresas que pertencem a “não suecos”. Por exemplo, o Le Pain Francês é uma rede bem grande de cafés aqui em Göteborg e eles aceitam garçons/garçonetes que falem apenas inglês. Tem um cara que estudou comigo o SFI e que trabalhava em um frigorífico de peixes que o dono é … finlandês acho, em todo o caso não é sueco e que contratava pessoas que não falassem sueco. Entende agora?

    Te mando um e-mail com mais…
    Beijos!

  8. Ah siim , realmente é melhor trabalhar em empresa de Suecos, mas é ótimo que tenha essas empresas para estrangeiros também, de alguma forma ajuda bastante.

    E vou praticar mas o inglês e o espanhol também, quanto mais (qualidade) melhor né.
    Vou dar uma pesquisada (loonga) sobre isso aqui no Tio Google ehehe.

    Obrigada pelas informações e por ser rápida ao responder =)

    Puss puss *

  9. Oi, acabei achando aqui a resposta para a pergunta que eu fiz em outro post. A maioria dos meus documentos acadêmicos já está traduzido, mas faltam as notas do último semestre e a certidão de conclusão. Vou tentar providenciar antes de embarcar, lá se vai meu rico dinheirinho, rs.
    Beijos

  10. Oi Maria! Gostaria de saber sobre a validação e tradução de documentos para o inglês. Tu sabe informar algo a respeito???
    Enviei um e-mail explicando melhor minha dúvida.
    Beijo.

  11. Oi Fabiane,
    Eu vi o seu e-mail e só vou deixar aqui para todo mundo também: documentos em geral podem ser traduzidos do português para o inglês no Brasil desde que seja por tradutores juramentados. No caso dos documentos para solicitação do visto, a certidão de nascimento deve ser recente e com averbação de solteira. Você pode encontrar uma lista dos tradutores juramentados fazendo uma pesquisa no google por estado (tradutores juramentados de Alagoas/do Pará/do RS…).
    Até

  12. Oi Maria!

    Estou rumo a Suécia, e levo comigo a trsitesa de nåo conseguir ficar aqui para terminar o meu curso ( superior), que encerraria em Dezembro de 2014. Morro de saudades do meu noivo, estamos a 4 meses longe e sinceramente nåo dá para esperar. Enfim como funciona essa queståo de cursar uma faculdade…Pode explicar o processo. E o que vc acha a respeito do meu relato, a verdade é que quero muito trabalhar logo que consigo me virar com o idioma sueco. Estou indo para Borlånge, e espero que tudo dê certo. Barcos adorei seu blog :-)

  13. Oi Poliana!
    Bem vinda!
    Estive em Borlänge e tenho uma amiga lá… é uma cidade joia. Eu acho muito difícil dar pitaco na vida dos outros, mulher. Eu sei lá se seria melhor esperar e acabar a faculdade ou vir de uma vez para cá, se é isso que você quer saber… tudo depende. Eu expliquei como é que se faz para entrar na faculdade num post chamado “Como validar o diploma”. Aqui ao lado tem uma caixa de pesquisa chamada “fofoqueira de plantão” e por meio dela você pode encontrar posts antigos do blog. Mas durante o primeiro ano é legal investir pesado no aprendizado do sueco. Se o seu inglês é bacana você pode encarar a facul logo que por os pés aqui sem problemas. Como eu falei… tudo depende.
    Um beijo grande e vamos nos falando!

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s