Valborg e Dia do Trabalhador

Me entreti a semana inteira porque a Somnia do blog Borboleta Pequenina Somniando na Suécia está realizando um concurso (Uma música, mil lembranças!) e eu decidi participar. Eu gosto de escrever mas isso não é uma coisa que simplesmente “flui” para mim, eu tenho realmente que trabalhar o texto algumas horas. Do contrário eu já teria escrito um livro!

Demorei 2 dois para escrever o texto, e quem quiser conferir clica aqui. Achei muito legal esse concurso de textos, aproveitem e deem uma navegadinha no blog da Somnia se quiserem ler os demais textos participantes do concurso ou dar uma olhada em muitas mais coisas interessantes!

O dia 30 de abril é um dia um tanto quanto especial aqui na Suécia, por ser véspera de feriado e porque é Valborg. Diz a internet que Valborg vem de uma antiga tradição em que fogueiras eram acendidas para se espantar as bruxas e demônios. Eu e Joel fomos a uma festinha com amigos – sem fogueiras – que foi muito legal. Rolou um middag com brincadeiras e tals, um encontro realmente descontraído.

Se o Valborg de antes – para espantar os espíritos ruins – funcionava eu não sei, só posso afirmar que esse ano o Valborg definitivamente espantou o frio e marcou a entrada triunfal do calor sueco porque na segunda feira o tempo limpou e ficou muito mais quente. Desde então tenho que tirar o meu chapéu para o clima dessa semana: beirando os 20 graus C e com sol, céu azul, blá blá blá, muuuuiiiito gostoso.

No dia primeiro eu trabalhei mas por coincidência estava no centro da cidade bem na hora da passeata do dia do trabalhador. Dizem que cerca de 15 mil pessoas participaram do evento; eu só posso dizer que tinha muita gente. O maior partido sueco é o Socialdemokraterna e o socialismo democrático marcou definitivamente a forma de governo e de vida do povo sueco desde… não sei ao certo, mas chuto que foi depois da Segunda Guerra Mundial.

Por estar tão perto da Rússia a Suécia sofreu uma pressão para entrar para o lado socialista durante a guerra fria, mas o que aconteceu aqui foi a implantação de um regime bastante diferenciado, mesmo para a Europa. É por causa do socialismo democrático que o governo tem, por exemplo, o controle total sobre a venda de bebidas alcoolicas na Suécia.

Eu ainda estou lendo sobre o assunto então não posso entrar em muitos detalhes a perigo de dizer abobrinhas. Não que eu não possa dizer abobrinhas, mas só se for para brincar e deixar bem claro que as abobrinhas daquele minuto tem essa intenção. Em todo o caso a primeira impressão é que essa ideia sueca – do socialismo democrático – foi muito boa!

Agora, bora trabalhar!!!!

PS.: To achando que encontramos um lugar para o casório. Se for mesmo, logo este blog contará com uma categoria muito linda e interessante: casar na Suécia!!! Hahahahaha!

 

Anúncios

6 comentários sobre “Valborg e Dia do Trabalhador

  1. Olá, Maria Helena!
    Li sua linda história no concurso da amiga Somnia e fiquei interessada em conhecer melhor quem
    escreveu coisa tão bonita, por isso vim aqui te cumprimentar e dizer que a-do-rei seu texto.
    Parabéns, uma linda história de amor e também de escritora, pois você leva jeito viu!
    um grande abraço, carioca da
    Beth Q.

  2. Tbm assim como a Beth aqui em cima, vim pela Somnia, pra te conhecer. Claro que achei “the story” de vcs uma fofura sem fim!

    amei a música tbm, nao conhecia, já ouvi um bocado de vezes. É linda.

    Bjs, e “a gente se vê”
    :-)

  3. Olá, Maria Helena! Uma curiosidade: como é a questão da música aí na Suécia? Ouve-se mais música popular, folclórica, clássica?… Enfim! Como é por aí, nesse aspecto?

  4. Alo Moira!
    Bem vinda ao blog!
    Não sei se eu posso responder a sua pergunta… eu to pouco tempo aqui e agora é que to entendendo mais o idioma e me adentrando no mundo sueco de verdade. Mas posso dizer que a impressão é que eles gostam muito de música da década de 80 e 90 – um treco meio “new age”. Essa é uma boa ideia para um post, vou tentar escrever!
    Beijos

  5. Oi Beth!
    Com uma semana de atraso respondendo…
    Obrigada, e seja bem vinda ao blog!
    Hahaha! Sei não se levo jeito, só sei que levo muito tempo para escrever e do jeito que a vida anda corrida!! hehe…
    Beijos!

  6. Oi Nina!
    Como disse para a Beth, respondendo depois de uma semana!
    Muito obrigada e seja bem vinda ao blog!
    Li a sua história no blog da Somnia e também fique emocionada, tudo que você escreveu – inclusive a música – lembra a minha mãe… mas graças a Deus minha mãe ta com a gente ainda!
    Beijos! A gente se vê!

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s