Pequenas Grandes Coisas da Minha Vida Sueca #16

Tava na dúvida se escrevia ou não um post hoje porque não ia dar tempo de escrever sobre o que eu queria, mas no fim das contas to aqui sentada no sofá ouvindo Simon&Garfunkel pra contar um pouco sobre as velhas novas de sempre.

Pra variar, lavei a roupa e ela está no sacola de lavar roupas (dobrada) em frente ao guarda roupa. Eu não tenho preguiça de lavar roupa, acho super legal – vou até a lavanderia coloco tudo para dentro da máquina que lava e depois tudo dentro da máquina que seca e por fim trago a roupa de volta – mas morro de preguiça de guardar as roupas. Eu fico na duvida se abro ou não as portas do guarda roupa só para tirar a prova se realmente a roupa não pula lá para dentro bonitinha. Até abri as portas antes, mas desisti, uma vez que meu guarda roupa tá tão desorganizado seria uma besteira esperar que as roupas se guardem sozinhas…

Cozinhei feijão. Eu tinha que contar isso porque cozinhar feijão é algo que tem me feito muito feliz. Verdade que o clima colaborou essa última semana: todos os dias foram ensolarados, todos os dias com temperaturas mais ou menos nos 20, 20  e poucos graus Celsius, mas isso tem aumentado minha saudade do Brasil. Parece bobo, e é, mas para mim a Suécia é um país de inverno constante e chuva, daí esse clima agora  lembra primavera… primavera em Maripá-Paraná-Brasil: tantas flores para todos os lados, os dias quentes, as noites frescas, aquele cheiro de grama recém cortada no ar, cheiro de churrasco (não é churrasco churrasco, mas o cheiro de uma carne “grillando” é o mesmo do churrasco de domingo) todo mundo animado porque o frio foi embora; parece que logo vão desabrochar as orquídeas nas árvores, e vai chegar aquela penca de feriados que é tão típico de setembro, outubro e novembro… eu até pude usar vestido, gente!

E o feijão… temperei com bacon, alho e cebola. Claro que já enchi o pandu de feijão preto, arroz e uma saladinha. Amanhã vou levar junto na minha marmitinha do trabalho. Dia desses eu cozinhei feijão preto e fiz tipo uma sopa com legumes e tals que levei para o trampo e aí uma guria veio me perguntar o que eu tava comendo! Achei a maior graça, ela ficou me olhando desconfiada (achou que eu tava comendo um tipo de “peixe” – não tenho nem ideia que tipo de peixe possa ser tão preto…) e eu explicando que era feijão. Depois um guri também veio me perguntar: o que é isso? E eu: feijão preto. E ele: mmmm, feijão preto? E eu: é, feijão preto, você cozinha… E ele impaciente: mas tem esse nome mesmo? É tipo feijão preto, como… black beans? Dai eu (rindo): Isso mesmo, black beans. Achei muito engraçado porque eu tenho dificuldade de pronunciar o “ö” sueco, e para falar feijão preto (svarta bönor) você usa o danado; ou seja, como a gente tava falando sueco eu devo ter dito quase “feijão preto” e ele ficou na dúvida se era mesmo isso que eu queria dizer.

Eu e Zemta, cachorra da família – numa dos inúmeros trapixos do lago Mjörn.

Fim de semana a gente foi para Sjövik, e eu adoro: por causa do lago perto, por causa de ter um dia em família, porque é tudo tão tranquilo e calmo. Pena que passei mal, e to desconfiada do meu anticoncepcional. Depois que fui aquela consulta com a dermatologista não consigo mais pensar na danada da pílula como algo benéfico. Li a bula da coisa e os efeitos colaterais são tudo que ando sentindo ultimamente. Essa semana vou visitar o vårdcentralen (posto de saúde) para fazer acompanhamento (de seis em seis meses visitamos uma enfermeira especializada no atendimento a mulher que faz orientação anticoncepcional e dos exames de rotina – tipo papanicolau e do câncer de mama) e vou conversar com ela sobre isso.

Ganhei uma magrela e agora que o tempo está bonito to seca para fazer a estréia. Hoje ia comprar os pneus novos para ela – porque a bike é usada e velha mas tá com tudo em cima com exceção dos pneus – mas desisti porque percebi que eu não poderia arrumar a bici sozinha. Ou seja, vai sobrar para o Joel.

E a roupa… ainda tá na sacola. Acho que tenho de fazer algo a respeito. Tchau!

Anúncios

12 comentários sobre “Pequenas Grandes Coisas da Minha Vida Sueca #16

  1. Lindo o cãozinho!
    Qual o nome dele ? é ele né?
    Esse feijão preto foi comprado na Suécia ?
    Enviei um email para voce, mas não sei se vai ver rapidamente e resp então estou enviando por coment. também :)
    puss puss:*

  2. Oi Rúbia!
    Aqui em Göteborg tem feijão preto no supermercado. Às vezes some por algumas semanas mas depois tem de novo. Sabe o que é mais engraçado? Que na embalagem tá escrito que é o feijão mais popular do Brasil! hehe…
    Quando você muda?
    Beijos!

  3. Ri muito quando li esse post, porque eu também detesto guardar roupa e por coincidência sempre fico olhando se um dia ela irá pular para dentro do armário também :D

    Ótimo post!!!

  4. Oi Julio!!!
    Nãoooooooo! Claro que não né, minha mãe é a melhor cozinheira do mundo e ele é brasileira! Hahaha!!
    Assim, assim, acho que eu não sou a pessoa ideal para responder. A comida é diferente, os temperos diferentes, a mistura de doce e salgado na mesa é diferente e o governo fez uma campanha de saúde tão boa no passado que a comida salgada quase não tem sal e a doce quase não tem açucar.
    Eu não sou uma pessoa que gosta muito de experimentar comidas novas, e para mim comida salgada tem de ser salgada e o doce tem de ser doce.
    Depois de um ano posso dizer que a comida aqui pode ser tão saborosa quanto a brasileira, mas para o meu paladar o que eu gosto mesmo é quando o Joel cozinha – ou quando minha amiga nicaraguenha o faz: aí sim a comida é boa!
    Abraço!

  5. Oi Vânia!

    Bem vinda ao blog!!

    Legal, muito obrigada! Tem algumas outras coisitas que eu torço muito para se arrumarem sozinhas, mas eu não vou contar porque o Joel também lê o blog!! Hahaha!

    Beijos, obrigada pela visita!!

  6. …acho que este problema com a roupa é uma coisa de família; lavar não é o problema mais passar e guardar… te amo irmã …saudades…

  7. Pingback: A Teimosa e a Caipira | Diário de uma Teimosa

  8. Caraca, feijão!! Não acredito que aí tem feijão, será que é só na sua cidade? Vou encomendar pela minha cunhada, rsrsrs.
    Ri muito do churrasco que não é churrasco, e não é mesmo! Senti muita falta de churrasco enquanto estava aí e principalmente de linguiça, eu amo linguiça e de quase todas que provei por aí, com exceção de uma em um restaurante espanhol, não gostei de nenhuma – elas têm gosto de plástico. Como falta pouco tempo pra eu me mudar, embarco em um mês, estou me empanturrando de linguiça enquanto posso.
    Outra coisa que me chamou atenção foi a questão da pílula, sempre ouço dizer que é mais complicado comprar pílula na Europa do que aqui no Brasil. Estou pensando em levar um pequeno estoque, para seis meses, mas depois preciso comprar por aí. É mesmo difícil?
    Cara, amei esse post :D
    beijos

  9. Gio!
    Agora que vi que te deixei no vácuo! Que coisa né? Com quem será que aprendi? Hahahaha…

    *****
    Carioca,
    Esses dias estava lendo uns posts onde começamos a conversar e fiquei imaginando se você já tinha mudado… sim, na Suécia tem feijão e às vezes até aqueles enlatados são super gostosos. Acho que não precisa trazer pílula para 6 meses não. Assim que você tiver personnummer pode ir ver a barnmorska e falar sobre tratamento anticoncepcional. E a consulta é de graça. Mas a pílula não. Em todo o caso tendo receita você compra em qualquer farmácia. Ai linguiça… você me deixou com lombrigas menina!

  10. Oie, pois é, a gente já conversa há um tempinho, você é a minha estrela guia, rsrsrs. Acho que começamos a conversar em setembro, foi quando eu dei a entrada no visto … o planejamento inicial era de eu ir em janeiro, mas daí veio a greve da faculdade, que não acabava nunca e acabou que eu to indo no mês que vem. Depois de tantos sobressaltos, achei que esse dia não ia chegar!
    Bom saber do feijão, eu adoro, mas não sei fazer, não sou muito fã de enlatados, mas posso experimentar também. Linguiça, nunca desejei tanto comer linguiça como quando estava aí, meu namorado veio aqui, experimentou aquelas bem fininhas de porco, as minhas favoritas, e até queria levar na mala, rsrs … mas depois dele ler as regras, acabou desistindo.
    Valeu pela dica da “barnmorska”, vou procurar uma mesmo.
    Beijos

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s