De Assistente SOCIAL para Assistente PESSOAL

O assunto de hoje é trabalho!! Mas primeiro: estou experimentando o novo tema do blog e gostaria que o pessoal deixasse nos coments um “o que estou achando desse novo visual”. Ainda gosto mais do tema antigo mas ao mesmo tempo acho que esse aqui é mais simples tanto no que diz respeito a navegação quanto no que diz respeito a facilidade de acesso e de visualização dos posts. Digam se ficou mais fácil comentar também!

Så där… (então é assim) em julho do ano passado eu consegui o meu primeiro emprego aqui na Suécia – que foi como Marinete (faxineira) – e quase que na mesma semana (acho que apenas um 3 ou 4 dias depois) consegui fazer um teste como assistente pessoal, no que eu tenho trabalhado até hoje. Às vezes quando alguém me pergunta o que eu to fazendo aqui eu digo “Sou assistente pessoal” e o fulano já responde “Que bom, tá trabalhando na sua área então…“; e simplesmente não: assistente SOCIAL (socialsekreterare em sueco) é uma coisa, e assistente PESSOAL (personlig assistent em sueco) é outra. .

Talvez essa confusão tenha a ver com o fato de que a Suécia não fica na Suíça mas mesmo assim ainda me perguntam se o chocolate aqui é bom e se eu já falo alemão… Primeiro que para ser assistente social (tanto no Brasil quanto na Suécia) é preciso obter um diploma de bacharel em Serviço Social – no Brasil – ou de Socionom – na Suécia. Para ser assistente pessoal não é necessário um curso universitário mas sim paciência e vontade de trabalhar com pessoas doentes, idosas e com deficiência (física e/ou mental) – ou seja, assistente PESSOAL está mais para a área de saúde.

Cursei a universidade durante 4 anos e obtive meu diploma de Serviço Social, tendo trabalhado durante 5 anos como assistente social de prefeitura. Assistente social definitivamente não cuida de pessoas, assistente social é para auxiliar indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social a ter conhecimento e acesso aos seus direitos tendo como objetivo maior a superação da situação de vulnerabilidade/risco. Mais ou menos grego, não? Certo, vamos focar somente no fato de que assistente social não cuida de pessoas e que não trabalha individualmente.

Assistente pessoal é só simplesmente alguém para cuidar de uma pessoa. O assistente pessoal vai estar ao lado de um indivíduo e ajudar ele/ela a realizar as tarefas do dia-a-dia: fazer comida, comer/beber, organizar a casa, ir ao supermercado, tomar um ônibus, ir ao banheiro, tomar banho, se vestir, tomar remédios na hora e quantidade certa.  O trabalho que um assistente pessoal vai desenvolver depende somente do grau de dependência da pessoa com quem ele trabalha (que recebe o nome de brukare): algumas pessoas recebem assistência de apenas algumas horas por dia, enquanto outros dependem de assistentes 24 horas.

Não penso que seja difícil ser um assistente pessoal na Suécia. Para conseguir um trabalho como este basta falar sueco e ser simpático (consegui meu trampo mais por ser simpático do que por dominar a língua =). Além disso, existe uma rede de organizações que trabalham em benefício do brukare, assim quando este precisa de órteses e próteses; ir ao dentista, médico ou psicólogo; trocar a cadeira de rodas ou consertar o óculos basta ligar para a pessoa responsável e tudo será arranjado. Uma dessas organizações é o Hjälpmedelcentralen (centro de aparalhos de ajuda – mais ou menos), que trabalha com as cadeiras de rodas (rullstol), lampadas de laser (peklampa) que são utilizados pelos deficientes que não podem falar e usam a linguagem “Bliss” e com o “lyften” (um aparelho que parece um guincho utilizado para auxiliar os assistentes a mover o brukare da cama para a cadeira de rodas, por exemplo, de forma que não é necessário ser forte e carregar um indivíduo que não pode se sustentar nas próprias pernas), entre outras coisas.

Ainda que o brukare seja muito doente e extremamente dependente sua assistência será garantida pelo governo. O atendimento a saúde não é gratuito na Suécia, mas as consultas tem um preço acessível a todos e se você tem algum tipo de doença ou o quê que te leva a gastar mais de mil coroas por ano com o atendimento de saúde você recebe o dinheiro de volta por meio do imposto de renda; ou por meio de um cartão chamado “frikort” deixa de pagar pelas consultas a partir do momento em que o cartão mostra que a marca de mil coroas foi alcançada. Existem taxis especiais para usuários de cadeiras  de rodas (färdtjänst), e esse tipo de taxi tem um preço fixo e  bem menor do que os demais. Ainda, os assistentes pessoais não são pagos pelo usuário, e sim pelo INSS sueco (Försäkringskassan).

Eu já enviei os meus documentos da graduação na universidade traduzidos para a Högskoleverket e só estou esperando a resposta deles para tentar conseguir o meu diploma como assistente social por aqui. Para isso, preciso também terminar o SAS 2, o que vai acontecer talvez em dezembro desse ano. Então, não há pressa em obter a resposta da Högskoleverket, pelo menos ainda não.

Fica talvez para o ano que vem voltar a ser assistente SOCIAL e deixar de ser assistente PESSOAL…

Anúncios

7 comentários sobre “De Assistente SOCIAL para Assistente PESSOAL

  1. Oi Maria! Tenho lido seu blog e gostado muito, você tem dom pra escrever. Me divirto com suas histórias, aprendo algumas peculiaridades interessantes da Suécia e fico por dentro das suas novidades por aí. Estou torcendo para que tudo fique cada vez melhor, e tenho certeza que brevemente você vai deixar de ser assistente pessoal para ser assistente social. Um abraço!

  2. OI!
    Como você pediu, aqui estou eu comentando o seu blog, na verdade eu fico meio receioso de ficar comentando no seu blog pois você é noiva e eu acho que a maioria das pessoas que comentam no seu blog é mulher e fica meio estranho um homem comentando. Tem todo tipo de namorado nesse mundo. Anyway eu sou viciado em ler blogs. Prefiro os blogs à novela das 9.

    O Layout do blog ficou legal. Pra quem descobriu o blog a pouco tempo e está querendo ler todos os post fica mais fácil assim. E o preto e branco dominado dá um visual mais limpo (embora o outro também fosse sem muitas cores). Esse visual parece de jornal.

    Mais uma vez o seu blog me dando uma imagem diferente da que eu tinha na minha mente de como é a Suécia. Pessava que todo o sistema de saúde fosse gratuíto. Eu acho que eu prefiro o SUS mesmo. Meu dentista é do SUS hahahaha. Acredite, onde eu moro ele funciona. A minha mãe enfartou no começo do ano e todo o atendimento foi rápido e de qualidade, eu que não frequento hospitais achei o máxiomo como fui atendido, tinha até piscólogo pra conversar comigo antes de eu entrar pra visita na UTI todos os dias. Todo o tratamento está sendo feito pelo SUS e foi tudo rápido. Só que alguns remédios tem que pagar. A minha mãe é o contra-exemplo do sistema, não morreu esperando pelo atendimento do SUS. KKKKKK

  3. Oi Lucian!

    Hahahha! Bom saber que meu blog é melhor que a novela das nove! E quanto ao fato de ser noiva, nem esquenta, o Joel é super tranquilo.
    Acho que o porque de ter mais mulheres comentando é porque nesse universo “fora do Brasil” existem muito mais mulheres blogueiras. Se o assunto fosse futebol…
    Obrigada pelo feedback sobre o layout!
    Abraços!

  4. Oi Sandra!!
    Bem vinda ao blog!!
    Hehe, é muito legal quando eu recebo coments de pessoas da vida “real”! Ainda mais da saudosa Maripá!!
    Ando com saudades de ser assistente social, só acho que não de prefeitura – por essas bandas assistentes sociais são “curadoras”, e curadoras muito bem pagas – nada de receber indicação do judiciário!
    Beijoss!!

  5. Eu também estava “acostumada” com o layout antigo, mas acho que esse novo facilita a visualização mesmo, gostei. Eu já achava tranquilo pra comentar, continuo achando. Bjos.

  6. Pingback: A Teimosa e a Caipira | Diário de uma Teimosa

  7. Pingback: Enfim, o tão esperado emprego | Uma Caipira na Suécia

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s