Os 11 melhores momentos de sempre!

Hallå där! Hoje eu tô aqui participando de um jogo entre blogueiras e quem me passou a peteca foi a Joana do blog Boneca de Neve! Eu acho um barato esse mundo da blogesfera pois por meio dele conheci e fiz contato com muita gente bacana e o melhor de tudo: todas elas tagarelas como eu!

A Joana premiou o meu blog com o Prêmio Liebster e como parte do discurso de agradecimento eu tenho que contar quais foram meus  “onze melhores momentos de sempre”. Mas primeiro, muito obrigada! Meu grande sonho é a paz mundial! Opa, isso é discurso de miss, então deixa para lá…

Eu vou tentar ser sucinta pois do contrário esse post vai ficar enorme!!! Joana: quase que me fez fundir a cuca de tanto pensar e pensar! Procurei por algumas memórias que me marcaram porque me fizeram sentir corajosa ou muito feliz, “quentinha no coração”. Elas não estão escritas em ordem/grau de importância, foi mais do tipo o que me veio a cabeça:

1. Momento sem licensa para matar – eu e a Lu armadas até os dentes com vassouras e gritos e colocando a prova todos os nossos instintos para acabar com um terrível camundongo fujão! Detalhe que a Lu estava super grávida – de uns 7 meses talvez? Não, nós não atingimos o objetivo.

2. Momento protesto – todo mundo tem um dia daqueles, e num dia daqueles no trabalho usei um nariz de palhaço por duas horas  para fazer um protesto silencioso em uma reunião na prefeitura em Maripá.

3. Momento felizes para sempre – advinha? Advinha? Esse é de quando o Joel me pediu em casamento… ah, o amor!

4. Momento Bésame Mucho – da memória do nosso primeiro beijo! A cantada do Joel  foi… mais do que demais, não tenho palavras para definir… a história toda (para os curiosos) está aqui.

5. Momento sexta feira – eu e a Angela tínhamos o ritual da sexta feira: fizesse chuva ou sol, calor ou frio esse era o dia da cervejinha e conversa furada. Essas sextas feiras… Amiga, minhas sexta-feiras não são as mesmas sem você!

6. Momento cresci – eu também já tive que parar de fazer birra uma vez na minha vida. Isso aconteceu o dia em que decidi vencer a tristeza e abraçar a felicidade! E sabe o quê? Deu certo!

7. Momento vou ficar para titia? – sabe aquela coisa que chamamos de sobrinhos? Eles são uma cousa danada de boa na vida da gente sô! É sim, Matheus, Thomas e Junior… Problema é ver esse povo crescido (maior do que eu atualmente) e que eu envelheci (estou abandonando a casa dos 20); sem falar de ter que aguentar que meu irmão caçula me botou no forno! Inconcebível!

8. Momento colo…na verdade, não importa quantos 29 anos a gente tenha na cara, sempre é maravilhoso contar com colo de pai e mãe. Eu usei o colo da mãe e do pai até os 27… Agora isso me faz falta…

9. Momento irmãs e irmão – tem um bocado de coisa que fizemos juntos. Coisa de irmãos fica gravado para muito tempo na memória e no coração! Não dá para contar tudo, mas por exemplo, quando eu e o Jorge tocamos violão (ou jogamos PS), quando minha consultora de moda e beleza particular Ana me dava uns pitos porque eu não estava cuidando do visual (ou quando saímos para a balada) ou quando eu a Gio fomos de carroça para São Clemente (eu não queria contar das nossas gordices de filme regado a sorvete!)… e por aí vai.

10. Momento mundo novo – não me refiro a mudar para a Suécia, me refiro a aprender uma nova língua porque isso sim, mas do que literalmente, é desbravar um mundo novo. Primeiro é uma coisa angustiante: todo mundo fala e você entende patavinas. Depois, pequenas conquistas: entendi isso; entendi a frase inteira; entendi um texto inteiro. Depois vem o caos quando respondemos a todo mundo na língua nova ou até mesmo na língua mãe usamos palavras da língua nova. Oxê! Nesse aqui entra por exemplo o dia em que pedi sorvete em sueco na Itália – lol! E quando conversando em português com o Joel falo uma coisas como: jag kan inte entender isso aqui!

11. Momento sonhar juntos… – sabe que tem alguns amigos com quem a gente faz papo furado, tem o pessoal que é o mais animado e combina melhor com festa, tem o pessoal para quem a gente conta nossos medos, e tem aqueles com quem a gente abre mais facilmente os sonhos. Às vezes sai só abobrinha, nada dentro do possível, mas ainda assim é tão bom!!! Meus amigos sonhadores… é  ou não uma delícia? Eu e a Maira entravámos em cada viagem…

E como diriam os Looney Tunes: por hoje é só pessoal! Mas antes disso, e os selecionados para receber o prêmio Liebster de hoje são:

Aprendendo a Viver na Suécia
Aventura no Gelo
Enfim Suécia
Moda Escandinava
Mulher de Fases
Mundo da Mari
Pensamentos Desatados
Sonhos Escandinavos
Suécia, Queridos!
Uma Brasileira na Croácia
 

Minha lista tá mais curta do que o exigido pois eu deveria indicar 11 blogs. O problema é que alguns dos blogs que eu acompanho já estão na lista da Joana, e outro é que o prêmio é para blogs com menos de 200 seguidores. Eu leio cerco de 25 blogs, comento em cerca de 12 mas alguns já forma indicados, como eu falei, e outros estão acima da margem dos 200 seguidores. Então meninas, passem a bola para 11 blogs please!

E o desafio de vocês é compartilhar com a gente 11 momentos em que ri até faltar o ar ou ter dor de barriga! Eu vou ler todas vocês viu?

A gente se vê por aí!

PS.: Quem quiser acompanhar as respostas das demais blogueiras pode clicar em cima do nome dos blogs (acima) que eu vou deixar os links conforme elas forem postando!

Anúncios