Arrancadão de Tratores

As férias vão bem obrigada mas acho que deu para perceber depois desse espaço quase que ficar mal assombrado pelo fantasma do blogue abandonado… Semana que vem a farra acaba e embarcamos de volta ao Reino Verde e Congelante da Suécia. Bom também, afinal trabalhar é preciso principalmente quando se quer/precisa bancar férias no Brasil.

E daí que a nossa visita coincidiu com a festa do Arrancadão de Tratores que eu já citei aqui e ali no blog e essa festa é uma das maiores aqui da minha cidade. Festa em cidade pequena é super legal primeiro porque a gente vê todo mundo e teve muita gente que veio me dar um abraço, perguntar como tá minha vida ou se eu tinha voltado para ficar. E como o Joel é super popular nessas bandas ele não fica atrás: sempre tinha alguém gritando Joellll! E completando com um “Ah eu achei mesmo que era o sueco mas eu pensei será?” Hahaha… um barato!

O Arrancadão de Tratores foi criado aqui em Maripá e existe há mais de vinte anos… Sabe que caipira quando não tem o que fazer inventa e foi assim que o povo da cidade de Maripá – no ano de 1990 – inventou de promover um campeonato de arrancadas de tratores. Naquela época a galera tinha o costume de realizar arrancadas de motos na avenida central (a única) da vila, e alguém (ou uma galera) chegou a conclusão de que o barato mesmo seria substituir as motos pelos tratores.

É claro que bem lá no início a coisa era mais engraçada do que emocionante: o trator é um veículo muito pesado, feito para trabalhar no campo e não para desenvolver velocidade. Mas alguém (que não sei quem – ou uma galera) resolveu que seria legal envenenar o trator para participar das arrancadas, e a coisa pegou: as arrancadas eram promovidas uma vez ao ano quando a caipirada daqui tirava o trator da lavoura e deixava na mecânica para ficar “envenenado” (no sentido automotivo); depois das provas o trator voltava a forma original e a lida no campo.

Depois de doze anos de corridas na avenida (com infraestrutura mínima e sem nenhum tipo de segurança além dos capacetes que os pilotos usavam) os participantes decidiram mudar a forma do arrancadão de tratores e criaram a categoria “trator show”, uma categoria de tratores “tunados” e que servem apenas para as arrancadas. Em 2003 foi inaugurada em Maripá uma pista própria para o evento (apelidada de tratoródromo pela população) e desde lá as provas começaram a ter um caráter profissional.

Atualmente há provas de arrancadas de tratores no Mato Grosso e também no Paraguai. São 18 equipes inscritas para a competição (da cidade de Maripá, de cidades da região e também equipes do Paraguai). Há uma mulher piloto – a Nica – e a equipe dela, apesar de nunca ter ganho um campeonato de arrancadas, é a mais popular: a Penélope Charmosa faz alegria da galera ao lado do Zerinho Bomba Show, uma equipe especial que não participa das arrancadas mas sim dá um show com manobras como zerinhos, 360º, borrachão e outras loucuras que os pilotos inventam.

(Momento João sem braço: esqueci a minha máquina fotográfica na Suécia. Minha irmã é bacana e  me emprestou a máquina dela que é profissional. Mas eu não sou [profissional] daí as fotos ficaram assim…)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Em Maripá a brincadeira com os tratores originais continua e uma das atrações da festa é o Desafio dos Roceiros onde somente os tratores originais disputam arrancadas. É um barato porque eles parecem tartarugas em comparação com os tratores da categoria trator show – esses percorrem 200m em média em 10s, sendo que nesse arrancadão o record de velocidade foi quebrado pela equipe Brutus de Maripá: o trator deles percorreu 200 metros em 8,379 segundos. É mole?

Eu sou super fã do Zerinho Bomba Show. Tanto por causa da Angela e do Nelson “Stübbe Magoo” (um casal super amigo nosso) quanto porque parece loucura demais fazer tudo o que eles fazem com um trator!

O Arrancadão é também um evento especial para mim porque foi nessa festa que eu e o Joel dançamos pela primeira vez… ♥ Na edição de 2009 até chamaram o Joel para dar uma volta na “cadeira da sogra” (que fica atrás do banco do trator do Duda Maluco do Zerinho Bomba Show) mas ele tinha ido para casa dormir. Sério… eu não tive nada a ver com aquilo.

O Arrancadão de Tratores é uma das melhores coisas da minha vida caipira…

Anúncios

2 comentários sobre “Arrancadão de Tratores

  1. Hahahahah… maria, eu já tinha ouvido falar do arrancadão mas não sabia que era assim… e que sua cidade é pioneira. Que legal! Adorei! Curta muito os últimos dias. Beijo

  2. Adorava conhecer a sua terra, parece bem pitoresca! Viver em cidades pequenas tem mesmo os seus encantos… Hahaha que engraçado, estou a imaginar a cena de chamarem pelo Joel, se fosse com o Tomas ele iria ficar super tímido e encavacado! Beijooos!

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s