Aprenda sueco com Alfons

Como prometido em fins de junho, aqui vai o primeiro post da série. Ao escrever os posts eu percebi que ficava longo demais e esquisito colocar a tradução do episódio, então achei melhor acrescentar três pequenas dicas ao fim de cada um. Além do mais, a tradução desse texto é bem simples de conseguir com a ajuda de um dicionário – serve como treino. Se alguém possui os livros vai perceber que os episódios narrados em vídeo apresentam  um texto um pouco diferente, mas a essência da história permanece. Ha det trevligt!

*****

Här är Alfons Åberg. Han är snäll och glad ibland. Och dum och busig ibland.
Just nu är han busig och ledsen för det är kväll och han vill inte sova. Nere på gatan är lamporna tända och klockan i köket visar snart nio, men Alfons vill ändå inte sova. 
– Snälla pappa, läs en saga!
Här är pappa. Han är nästan aldrig busig men snäll för jämna. Nästan för snäll. Som i kväll: fast klockan är så mycket tar han en sagabok. Han läser en lång bra saga om en häst.
Sen ger han Alfons en puss och släcker ljuset när han går. I dörren säger han:
– God natt och sov så gott.
Men Alfons vill inte sova gott. Han vill inte sova alls. Nu kommer han ihåg: han har ju glömt att borsta tänderna!
– Pappa! Vi glömde att borsta tänderna!
Pappa kommer snart. Alfons borsta sina tänder så noga, så noga. Varenda tand blir ren.
– Sov nu, säger pappa.
Men Alfons somnar inte. Han är förfärligt törstigt! det känner han nu. Förfärligt vad törstigt han är.
– Pappa!, ropar han. Jag är törstigt!
– Sov nu gott, säger pappa när han går.
– Pappa! Jag spillde! Det blev vått i sängen.
– Nä men, oj oj oj oj oj! säger han när han får se fläckarna.
Han torkar upp på golvet med några trasor och i sängen byter han lakan.
– Sov nu så gott.
– Pappa! Jag måste kissa!
Pappa kommer. Han har hämtat pottan i badrummet.
– Sov nu, ber pappa när han går.
Men Alfons somnar inte i alla fall. Han ligger och tänker på garderoben… Kanske, är det ett stort vilt lejon där inne?
– Pappa! Kom och titta! Det är ett stort lejon i garderoben!
Pappa kommer. Pappa hittar inget lejon.
– Lejon finns inte ofta i garderober. God natt och sov så gott. Och ropar helst inte mer för nu är jag så trött.
Men Alfons somnar ändå inte. Först måste han bara ha Nallen.
– Pappa! Nallen!
Pappa börjar leta. Han ser i hallen. Han letar i badrummet. Till slut finner han den längst in inne under soffan… Men pappa dröjer så mycket. Kommer han inte snart? Med Nallen. Vad konstigt. Varför kommer han inte? Vad håller pappa på med?
Men titta: nu har pappa läst saga, hämtat tandborste, kommit med saft, bytt lakan, torkat upp saft, burit potta, sökt efter lejon, hittat rätt på Nallen och blivit så trött som han somnar pladask mitt på golvet just som hade tagit fram Nallen under soffan. Alfons blir full i skratt pappa ser så skoj ut! Han ligger och snarkar riktigt gott.
– God natt och sov så gott, viskar Alfons.
Så vandrar han tillbaks till sängen.Han tänker att han ska inte ropa mera. En pappa som sover kan ju inte gå några ärende. Och kommer ingen när man ropar så kan det kvitta, tycker han. 
Och nu kan nog Alfons sova, han med. Schhhhhh… viska. Det ser ut som han sover… God natt, Alfons Åberg.
 
 

Resumo da história em português: Alfons é uma criança que esta fazendo de tudo para não dormir. Ele quer que o pai leia uma história (saga=conto, história infantil), depois lembra que esqueceu de escovar os dentes e que ficou com muita sede; e aí ele derruba saft (um tipo de bebida feito a base de flores) na cama, depois ele precisa muito fazer xixi e morre de medo de que haja um leão dentro do armário; por fim, ele quer o urso de pelúcia (todo o bicho de pelúcia é um nalle)… e quem acaba dormindo exausto é o pai que correu e deu assistência ao menino nessa folia toda.

Snäll é adjetivo para querido, bonzinho  enquanto snälla é por favor. Em português costumamos pedir, por exemplo, quando estamos a mesa: pode me passar o pão por favor? Mas em sueco se costuma usar o “kan jag få blablabla” para esses casos. Se você quer pedir um favor a alguém inicia a frase com snälla ou usa no fim da frase är du snäll; assim se você quer incluir no final de uma frase “kan jag få blablabla” um “är du snäll” fica extremamente educado, mas soa como se a pessoa estivesse implorando e portanto, não há problema algum em dispensar o complemento. Exemplos: Snälla, kan du räcka mig en handduk? (Por favor, pode me alcançar a toalha ou) Kan du räcka mig en handduk, är du snäll? 

Vad håller du på med? é o nosso “o que é que você está fazendo?” e serve tanto para uma pergunta simples como para mostrar surpresa ou revolta – quando a gente solta aquele indignado “o que você acha que está fazendo?”. A  combinação inte e alls é para indicar o nosso “de jeito nenhum”: han vill inte sova alls – ele não quer dormir de jeito nenhum! Já busig é um adjetivo que significa tanto manhoso e birrento quanto sapeca, travesso, genioso; depende do contexto. Alfons é manhoso – nessa história.

Por fim, o temido “kissa” que normalmente é confundido com “kyssa” (o primeir0 é xixi e se pronuncia quissa; o segundo é beijar na boca e se pronuncia xissa). Na prática, se você é daquelas pessoas que morrem de vergonha de falar em xixi ou cocô em público pode usar o jag måste gå på toa que serve para os dois. Ao contrário, crianças costumam gritar a todo o pulmão um “jag måste kissa/bajsa” (eu preciso mijar/cagar) ou jag är kissnödig/bajsnödig. O engraçado disso é que nöd serve para indicar uma situação de perigo! E é. A gente também pode usar o verbo pissa para mijar, que é o equivalente ao pipi que a gente fala para as crianças e que por isso pode soar infantil demais. Já o adjetivo para mijado é pissigt – vilken pissig dag!; algo que aqui soa mais ou menos como palavrão. Mas para “molhado até os ossos” pode usar sem medo “pisseblöt“.

Acreditam que tive de olhar no dicionário como é que se escreve cocô?

Anúncios

10 comentários sobre “Aprenda sueco com Alfons

  1. “Acreditam que tive de olhar no dicionário como é que se escreve cocô?” (risos…).

    Que super dica: aprender sueco com o fofo do Alfons!

    Obrigada por compartilhar!

  2. Alfons, para mim, é o cachorro da mãe do meu viking. Não conhecia esta personagem carequinha e simpática!
    A verdade é que estas dicas são sempre boas, mesmo quem está aqui há mais tempo pode sempre aprender algo novo.
    Beijos Maria!

  3. cute cute *.*

    Eu to aprendendo suéco de pouco a pouco e sempre que aparece uma palavra nova eu não sei como pronunciar, aí tenho que me familiarizar com a pronúncia das palavras(tipo kärlek, sjankel e näsa). Com você explicando os significados, casos de uso e pronúncia(nem sempre dá pra confiar no gtranslator) fica melhor :> obg moça

  4. Hej!

    Rafa,
    Ele é uma graça né? Meu personagem favorito!

    ****
    Nicole,
    Pra você ver né… hahaha.

    ****
    Joana,
    Será que o cachorro chama Alfons por causa do livro?

    ****
    Danillo,
    De nada rapaz. Eu também to aprendendo sueco e não é mole… ainda não consigo falar o ö e nem as palavra com sk ou sj. Vamos nos ajudando!

  5. Oi, sueco moço aqui, que morava 3 meses no Brasil. Gosto deste blog. Só queiro dizer que na verdade a palavra ”nöd” não precisa indicar uma situação perigoso. Pode faze-lô, mas não precisa. Acho que é mais relacionado com a palavra ”precisar” ou ”necessidade”. Por exemplo ”nödsituation” ou ”nödläge” é um situação onde se precisa muito ajuda (realmente ”stort behov av hjälp”).
    Talvez esta resposta confundir mais que ajuda. Também meu português não é o melhor.

  6. Oi moço sueco!
    Legal saber que você passa por aqui…
    Na verdade, acho que seu português vai muito melhor que meu sueco e sua explicação não ficou confusa não. Ademais, é sempre bom ter um nativo para corrigir a gente, não importa em qual situação.
    Abraços e volte sempre!

  7. Fui pro Brasil e tava lá 6 mêses. Posso falar bastante mas falto muito palavras e ainda faço bastante errados com a gramatica, mas posso falar fluente com uma lingua português mais simplificado. Eu não posso falar num bar com dois outros brasileiros se eles não respeitam meu nível do português. Claro e dependente da pessoa e situação, mas para se fluente na verdade eu acho e precisa mais do 6 mêses. 1 ano até 2 se estuda muito. Além disso queiro ter uma brasileira ou brasileiro para falar com no skype e manter meu portugues. Alguem aqui que quer aprender sueco?

  8. Oi Leila! Vou te responder aqui rapidinho: isso depende. Tem gente que alcança um nível de conversa básico em 6 meses, sabe aquela coisa de ir no mercado sozinho, resolver as coisas essenciais sozinho. Agora eu estou aqui a dois anos e meio e sinto que ainda não sou fluente, por exemplo, na minha área de trabalho. Mas, definitivamente, com um ano de Suécia eu podia me fazer entender (às vezes precisava explicar tudo muitas vezes) e compreender tudo o que os outros queriam de mim.
    Abraços e sorte nos estudos!

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s