As loucas aventuras de uma Caipira que só queria ir ao médico

Pra terminar, as boas e velhas histórias de como é fantásticamente maravilhoso viver num país de primeiro mundo.

Ontem liguei para o posto de saúde querendo marcar uma consulta. Já falei por aqui, ou não (não lembro) que posto de saúde na Suécia é como emergência: se você vai parar lá sem febre, muita dor ou desmaiando, você será enviado para casa pela enfermeira. Nas emergências de hospital então, tem que chegar desmaiada, em coma alcoólico, vítima de ataque cardíaco, sangrando ou com fratura exposta. Dadas que as minhas circunstâncias não preenchem nenhum dos quesitos acima (graças a Deus) decidi marcar uma consulta para fazer um check up, afinal, não estou numa situação de sofrimento extremo mas depois que deixei os meus anticoncepcionais o meu mundo está sendo regido pelos meus hormônios.

Eu não me reconheço: não tenho mais dores de cabeça (ótimo, provavelmente não vou morrer por causa de um aneurisma cerebral) mas estou cansada a ponto de dormir o dia inteiro e só levantar porque tenho dores no corpo de tanto ficar deitada. E enjoada. E não, não estou grávida, o que me deixaria feliz por saber exatamente o porquê desses sintomas.

Poderia ser anorexia, não fosse o fato de que comer para mim é quase um esporte. Adoro comer. E muito. Não tenho quilos a menos, nem a mais, provavelmente estou gastando todas as minhas calorias com minha rotina louca. E sim, provavelmente eu estou estressada – e é claro que todo mundo já notou a hipocondria.

Enfim, ligo para o posto de saúde e digo a enfermeira que quero marcar uma consulta. Abaixo segue o diálogo:

Ela: Por que?

Eu: Eu quero fazer um check up.

Ela: De que tipo?

Eu: Sabe, exames de sangue e essas coisas.

Ela: Por que?

Eu: Por que o quê?

Ela: Por que quer fazer exames de sangue?

Eu: Porque penso que posso ter… eu não lembro o nome dessa coisa em sueco… a… anemia?!

Ela: Sim, sim, eu entendo. Anemia. Mas então você pode comprar ferro na farmácia como complemento alimentar.

Eu: Sim, mas eu acho que pode ser anemia. Não sei se é anemia.

Ela: Você tem algum sintoma?

Eu: Sintoma de quê? Febre, dor de cabeça? Não. Não sabia que anemia tem sintomas! Só cansaço.

Ela: Então pode ser apenas que você precise descansar.

Eu: Tenho cansaço e dores no corpo.

Ela: Sim mas as dores no corpo são por causa da sua doença X.

Eu: Doença X???!!! Que doença X? Eu não sabia que vocês já tinham meu diagnóstico!

Ela: Está aqui no seu jornal. Você visitou o dermatologista o ano passado, não visitou?

Eu: Sim.

Ela: E qual o tratamento que você recebeu para a doença X?

Eu: Não tenho nenhuma doença X; tenho melasma e rosácea. Fui ao dermatologista por questões estéticas.

Ela: Mas está aqui no seu histórico de saúde (na Suécia, tudo o que os médicos dizem sobre você fica num histórico o qual as enfermeiras dos postos de saúde tem acesso), que você tem a doença X. Quem tem X sofre muito com cansaço e dores no corpo.

Eu:??? Sei lá do que você está falando. Nunca ouvi falar de X, não sabia que tinha essa doença e nunca fui tratada por causa de X. Eu fui ao dermatologista sim, mas foi por causa de uma mancha no rosto e inflamações na pele, como eu disse, melasma e rosácea. Eu definitivamente não sei do que você está falando!

Ela: Você não a Maria Helena blá blá blá?

Eu: Sim.

Ela: Você não tem uma mancha sobre o nariz?

Eu: Não!!…??

Ela: Você tem certeza de que não foi tratada de X?

Eu: Absoluta.

Ela: Em que partes do corpo você sente as dores?

Eu: (morrendo de vontade de dizer aqui óÓÓó… a consulta agora é pelo telefone???). Nos braços.

Ela: Nos dois?

Eu: Sim. Nos dois braços, no ombro direito, atrás da cabeça. (decidi exagerar, já que o negócio era estar meio morrendo…). E também nas pernas e nas costas. 

Ela: Tem certeza que você não sabe o que é a doença X?

Eu: Eu nunca havia ouvido alguém falar disso antes de conversar com você hoje.

Ela: Então seria melhor você ver um médico.

Eu: Foi exatamente por isso que eu liguei, se você lembra (uá tá faqui mem???).

Ela: Ok. O primeiro horário vago é…

descontrole_emo

Isso tudo e eu vou pagar pela consulta. Mas agora estou fazendo uma lista de tudo o que quero falar para o médico. Talvez seja a última vez que consiga marcar uma consulta. Vai que eu peguei a enfermeira mais boazinha do pedaço??

Pensa que é fácil?

Anúncios

13 comentários sobre “As loucas aventuras de uma Caipira que só queria ir ao médico

  1. Só existe uma maneira de fazer check up, aprendi com um senhor de 67 anos que frequentemente bebe sua cervejinha no bar onde eu trabalho: diga que sente fortes dores e acha que é o coracao (ele sentia dores nos pes, mas na idade dele é sempre bom garantir q nao é algo mais grave)
    Depois de um tempo, ganhou um sapato novo da irma e descobriu que a doenca maldita era o sapato.

  2. Minha Deusa, eu morro de rir com teus causos! Aqui é bem mais tranquilo, posso marcar para minha médica quando quiser, sem que me pergunte o motivo. Agora pra emergência, ai são outros 500, só nos casos que vc descreveu acima ( quase morte ) tennsooo!! Mas então, xô te falar… Desde que esfriou eu passei a ter muita moleza e falta de energia. Também só quero dormir e se não o faço é devido a montanha de afazeres dentro de casa. Antes, mesmo dormindo mal de madrugada, acordava lesa, mas o sol me animava de um jeito que eu nem voltava a dormir. Agora durmo a manhã toda, de me babar muito haha! Penso em comprar tran pra dar uma calibrada, pode ser que ajude, né? Ai tem tran? Vcs costumam tomar?
    De qualquer maneira, tendo enjôos e dores pelo corpo é realmente importante dar uma verificada. Ainda mais depois dessa dificuldade toda, é quase uma honra conseguir vaga no médico rsrs
    Boa sorte, tá?

  3. Oie Pessoal!

    Bom, pelo o que vocês falaram, penso que vocês precisem de um quiropraxista, qdo as vertebras da nuca saem do lugar, temos dores de cabeça, ouvido, braços, pernas, enjôos, suuuper normal, ano passado fiquei 3 meses em Helsingborg, eu ficava caçando coisas para fazer em casa, quando não ficava deitada mesmo, só levantava para fazer a janta do meu amor, hahaha, penso que infelizmente o clina frio, ajuda a ficarmos trancafiados em casa, se bem que eu só fiquei trancada em casa, depois que uns Turcos doidos foram atrás de mim, sim, percebi que aí os Turcos são tensos… Hehehe… É isso… Freitas, se tudo der certo, acho que até março eu deve ter voltado à Suécia, mas para ficar desta vez, então se você tiver alguma dica pra mim… Me procure no FB, Kate Baumgartner, Obrigada!

    PS.: Desta vez ficarei na capital mesmo… Woow!

  4. Espero que a minha saúde continue sendo tão boa tanto quanto era no Brasil, pois por aqui vejo que é complicado. Aqui aquele ditato “Prevenir é melhor do que remediar” não funciona. E é uma pena.

    Abraços

  5. Oi, achei o seu blog sem querer e é muito legal as suas experiências na Suécia. Esse país é lindo, mas no inverno não deve ser legal enfrentar baixas temperaturas, pelo menos no começo até acostumar. Abraços

  6. Jesus, mas que estresse! Eu estou sempre ouvindo historias assim daqui, que fico tensa. Preciso ir ao médico fazer um checkup, porque tenho sentido umas dores, umas coisas esquisitas, espero não ter enrolaCão! Poxa vida! Espero que esteja tudo bem cm vc! Beijos!

  7. Tábata…
    Essa dica foi valiosa viu? Da próxima vez vou poupar meus minutos de stresse dizendo que sinto dores no peito e que tenho taquicardia. No fim das contas eles podem diagnosticar como angústia, e eu nem passo por mentirosa, eller hur? PS.: compro sempre sapatos um número maior para poder entupir o pé de meias. Será que o excesso de meias me deixa sem condições de respirar direito? Haha… hipocondria.

    *****
    Nara minha frô,
    Sei o que é tran não, guria. É de comer? Hahaha… por aqui a gente (eu) vai de vitamina D mesmo. Ajuda nesses casos aí que você disse (de dormir o dia inteiro). Eu tenho que começar a tomar direito, e portanto, já deixei em cima da mesa – o causo é que se a gente não toma no café da manhã passa o dia pilhada, e eu, quesónãoesqueçodacabeçaporqueestágrudadanopescoço, deixo passar meio fácil. Decidi cortar o café também… sabe como é. To parecendo a minha mãe!!! Elis Regina explica…

    *****
    Oi Elisa!
    Obrigada! Vamos rir enquanto não é necessário chorar não é mesmo?

    *****
    Hallå Kate,
    Bem vinda ao blog! Já ouvi falar de quiropraxia. Na verdade, minha patroa (de um dos empregos) vive dizendo que eu devia pegar as horas de massagem… talvez minha vida se resolveria com um pouco de banhos quentes de espuma também. Tensa a sua história guria, mas olha só, não deixe o preconceito te trancafiar em casa. Assim como ter turco doido tem sueco safado e somaliano gente boa – acho que ficou meio confuso, mas, vá lá… bem vinda a Suécia!

    Em homenagem as minha comadres nordestinas, um xeroooo pro cêis

  8. Jose,
    Você é uma pessoa tão elétrica menina que duvido mesmo que até vírus consiga te pegar. Eu não consigo te imaginar doente! Hahaha. Mas tá aí, prevenção é sempre melhor, mas eu ainda não entendi qual é a “vibe” da suecada… tem umas histórias cabeludas por aí… gente que morre de câncer porque o pessoal não dá ouvidos quando a pessoa diz que tem alguma coisa errada no corpo. Medo!!

    *****
    Priscila,
    Bonito é apelido, guria! Bem vinda ao blog. Você já visitou a Suécia pessoalmente? Eu sei que a rota não é lá muito popular mas eu recomendo. E sim… acho que o pior do inverno é quando o frio chega. Por exemplo: eu sofro piedosamente até que o negócio estacione nos 0 graus C e menos. Parece que até chegar lá sempre tem um vento safado achando os punhos e a barra do meu casaco que fica me fazendo sofrer. Depois disso, eu viro um Michelin e não tem vento que possa comigo! hahah… cada um com suas táticas.

    *****
    Ray!
    Usa a dica da Tabata. Inventa um pouco de febre no ocorrido também. Qualquer coisa você pode dizer que foi justamente nos dias da sua ovulação. E sim, tá tudo bem comigo. Eu realmente acredito que são meus hormônios se rearranjando depois de anos de pílula. E não é fácil viu?

    Xeroooo de novo!

  9. Achei o máximo você ter postado sobre o assunto justamente agora que eu me preparo para ter uma conversa muito semelhante a essa! :) Quero fazer um check-up, entre outras coisas também tenho níveis muito baixos de energia, mas tenho medo de pegar no telefone e de ser recebida assim – que É o que vai acontecer – e então desmotivo. Mas o segredo é mesmo exagerar os sintomas e esperar pelo melhor. Beijos

  10. Tenta vitamina D mesmo Maria, Jonas tinha dores nos bracos e cansaco e deram vitamina B tamebm! Depois dele ligar e perguntarem se ele tinha MS, eu quase tive um infarto! MAs como eles sempre exageram ….. Era falta de vitamina!

  11. Armaria, tudo isso pra marcar um check up? Mas quando penso bem, se aqui (no Brasil) a coisa fosse assim, talvez não fosse tão caotico… sabe como é, né? Brasileiro sente uma dorzinha de nada e já corre pro médico. Eu mesma já começo a orar e pedir perdão pelos pecados. Vai que, né?

  12. Joana!
    Descobri que a enfermeira que me atende pelo telefone é que tem algum tipo de complexo: a pessoa faz tudo parece extremamente difícil. Liguei outro dia lá e fui atendida por outra enfermeira muito mais leve, agora, por azar, semana passada caí na mesma e… Céus! Sorte para você viu?

    ****
    Oi Naty,
    Engraçado, eu também tomo vitamina B. Mas vitamina D é o mais importante, eu sinto a diferença (pois algumas vezes esqueço) de quando estou sem ou com. Espero que esteja tudo bem com o pessoal aí!!

    ****
    Olá Paula,
    Bem vinda ao blog!!
    Sabe que aqui na Suécia o pessoal reclama que os estrangeiros são exagerados e que querem ir ao médico só para ganhar um abraço? Eu concordo que seria melhor que nós brasileiros aprendêssemos a procurar ajuda médica só quando necessário, mas a gente vive em uma sociedade doente de tantas coisas… O meio termo seria perfeito.

    Abraços pessoal!

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s