Mão esquerda na Suécia?

Eu estava passeando pelo facebook, quando achei um link super interessante com fotografias e me deparei justamente com essa aí abaixo:

Primeira manhã após a Suécia mudar o lado de dirigir da esquerda para a direita, 1967

Fonte: Pavablog

Fonte: Pavablog

Fiquei de cara!

Mão esquerda na Suécia??!

Sim. Na verdade, desde 1734 a mão nas estradas suecas era a esquerda. Mas com o advento do automóvel e o aumento do tráfego o governo sueco começou, desde o início dos anos 1900, a tentar a implantar a mão direita pensando em acompanhar a tendência internacional. Além disso, as fábricas de automóveis suecas já começaram a fabricar carros com  a direção à esquerda para o tráfego em mão direita; afinal, o mercado então não ficava restrito a Inglaterra, Japão e Austrália.

Em 1927 veio a primeira proposta do governo para que a mão direita fosse implantada no país. A ideia não colou e a proposta foi reapresentada em 1934, 39, 41, 43, 45 e 1953. Em 1953 um comitê para a análise da ideia foi formado. Esse comitê apresentou um estudo sobre o caso que concluía (mais ou menos) que:

–  não era correto dizer que a mão esquerda sueca era mais perigosa do que a mão direita de outros países;

– não era fácil decidir se (com a mão esquerda) seria mais seguro ter o volante à direita ou à esquerda do veículo;

– que condutores estrangeiros, desacostumados a mão esquerda, poderiam ser equiparados à condutores bêbados;

– que não era possível definir se a mão direita era mais segura do que a mão esquerda; e,

– que ter países vizinhos que usam a mão direita era um indicador de que a Suécia também deveria optar pelo mesmo.

Em 54 a proposta foi reapresentada, dessa vez num tom mais ameaçador (do tipo já é hora de a Suécia implantar a mão direita). O comitê de análise da proposta praticamente se dividiu em duas frentes de campanha: kommittén för högertrafikfolket (comitê pelo povo da mão direita) e o vänstertrafikkommittén (comitê pela mão esquerda). O primeiro era formado principalmente por representantes do Högerpartiet e Folkpartiet (Partido da Direita e Partido do Povo) e o segundo pelos Socialdemokraterna e Bondeförbundet (Partido Social Democrata e Associação de Agricultores – o atual Centerpartiet ou Partido do Centro).

O bicho pegou e em 16 de outubro de 1955 foi realizado um referendo popular. O resultado? 82,9% dos suecos votaram pela mão ESQUERDA. Ou seja, ninguém queria a mudança. Aí os projetos do governo forram enterrados por mais 5 anos.

Em 1960 o governo reacendeu o debate e, após uma manobra política que desconsiderou a consulta popular de 1955 e rejeitou a proposta de um novo referendo, o projeto foi posto em votação e foi aprovado em 8 de março de 1963.

Ainda em 1963, mas em 10 de maio, o parlamento sueco decidiu que a mudança definitiva da mão esquerda para mão direita se daria em 1967. Esse tempo era preciso, era claro, para que o país se preparasse. Os custos com a mudança (de placas, da campanha pela conscientização dos motoristas e readaptação das estradas, ruas e rodovias) foi estimado em 600 milhões de koroas na época.

E eis que chega o ano de 1967 e até uma música popular acabou virando o jingle da mudança: Håll dig till höger Svensson, de The Telstars. A canção usa o causo do momento – a implantação da mão direita – para criar uma expressão popular semelhante a nossa “é melhor você andar na linha”. Infelizmente, eu não achei o texto dela, mas o que posso entender da música (não, eu ainda não posso entender músicas em sueco sem ter um texto) é que um cara começa a aprontar e a turma do refrão repete que é melhor ele se manter a direita senão quer estragar tudo.

A mão direita entrou em vigor no dia três de setembro de 1967. Esse dia também foi conhecido como Dia H (direita=Höger em sueco). Pela foto aí de cima deveria ter sido conhecido como o Dia K (de Kaos).

É melhor manter-se à direita, Svensson.

*****

Fonte: Wikipédia.

Anúncios

2 comentários sobre “Mão esquerda na Suécia?

  1. Estive recentemente em Londres e andei, até ao último momento, convencida de que ia morrer atropelada, haha. Acho que o que me salvou foi mesmo eles escreverem em TODAS as passadeiras “look left / look right”. Ainda bem que a Suécia adoptou o “sistema europeu”… já imaginou viver com esse horror diariamente?! Ou dirigir do lado direito? Medo haha… :)

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s