Diário Caipira – 11

Nove anos de Suécia. Que coisa…

Quando eu era mais “xôvem” ficava imaginando como seria a minha vida no futuro. O que é que eu faria com 25 anos, 30 anos e se eu tivesse filhos, se eu teria uma casa, um trabalho; essas coisas. Eu nunca tinha pensado em mudar de país e até achava besta demais gente que ficava se “maravilhando” com a vida fora do Brasil.

Nove anos… mas eu ainda tenho a sensacão de entrar numa bolha a cada vez que eu “entro” na Suécia. Não sei se tem a ver com a questão de que a gente realmente entra num mar de nuvens sempre que está sobrevoando Gotemburgo… mas eu chuto que tem mais a ver com o fato de que eu não consigo absorver, não consigo entender o que é que é diferente aqui. Eu sinto que é diferente.

Eu não sei como me portar, como responder as pessoas, como não responder, quando cumprimentar, quando não; quando é ok brincar, sobre o quê é ok brincar; o que é considerado privado, o que é formal… quando é que alguém está dividindo algo intimo com você e quando é que as pessoas querem ficar sozinhas.

Nove anos e eu ainda tô nesse limbo. Me digam aí, quando é que passa?

Um comentário sobre “Diário Caipira – 11

  1. Engracado, nasci em Laranjeiras do Sul, duas horas de Cascavel. Faz anos que sigo seu blog e nao tinha notado que éramos conterrâneas. Ha´ 5 anos me mudei para a Dinamarca (morei 6 meses em Estocolmo antes disso). Para falar bem a verdade eu aceitei que nunca serei Dinamarquesa de pe’ a cabeca, e talvez se você se sinta num limbo alguma coisa deva estar errada… Decidi tbm que 5 anos foram suficientes para entender que a Dinamarca nao eh para mim, apesar de amar muitas das coisas aqui: igualdade de gêneros, o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, o contato com a natureza, a certeza de que teria uma vida tranquila… Parece que aqui tudo e’ muito fácil, eu venho sentindo cada vez mais o desejo de maiores “ambições”, de um “driver”, de algo maior… Não acho que seja aqui, talvez eu me sinta mais feliz morando em um lugar em que a realidade seja mais próxima a nossa no Brasil… Com mais diversidade e até mesmo mais “struggle”, sim, parece muito contraditorio, mas é’ isso que eu quero hoje… Espero que voce encontre suas respostas 🙂 ate mais

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s