Memórias Encaracoladas -11

Esse fim de semana fez um calor digno de Brasil. Eu estava suando às 9h e pude caminhar na chuva sem tiritar apenas de short, regata e chinelos.

Se, por um lado, esses dias grudentos tem um quê de Brasil; por outro não parecem em nada com minha terra natal. Essa coisa de camping, caracol, os lagos suecos, o fast food da viagem, as almôndegas (perfeitas para refeições em uma mini casinha que tem um mini fogão) e pasta… tudo isso é extremamente sueco pra mim.

Me dá uma sensação de viver um sonho, uma realidade paralela onde há sol quente, tempo abafado carregado de nuvens prontas a despencar uma chuva de verão, mosquitos (muitos), suor e aquela leseira típica das tardes calorentas; e também pinheiros, lagos, lagos e mais lagos, trailers (muitos trailers), almôndegas, batatas e o cheiro incessante das churrasqueiras grelhando hambúrguer e salsicha.

Tudo embolado, enrolado, surreal… minhas memórias estão ficando encaracoladas.

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s