Diário Caipira-109

Toda a vez que fico em casa me dá vontade de doar uma porrada de coisas. Eu vou dando o que não uso mais, vendo alguma coisa que tenha valor, mas a maior parte acabo empurrando com a barriga. Aí que a casa está virada de pernas para o ar porque eu começo a organização mas não termino.

Eu domino a arte de procrastinar como ninguém. O que contribui para que a gente fique preso ao caos. Joel diz que é pura física, que entropia explica a bagunça. Eu acho que se trata de biologia mesmo, quatro espécimes humanos que tem diferentes formas de se organizar e desorganizar.

Um dia vou ser minimalista. Quem sabe a bagunça é mini aí também?