Diário Caipira-118

O ano letivo começou há quase duas semanas mas meu piá começou na escola hoje. Tudo porque estava ligeiramente resfriado. Criança com coriza deve ficar em casa e eu estou agradecida de ele não estar começando a alfabetização.

Temos o direito de ficar uns minutos com a criança, já que é um ambiente novo para eles. Chegando na escola ele comenta:

– Mãe, as outras crianças estão sozinhas.

– Pois é, elas já estão vindo há dias e estão acostumadas (me dá uma agonia! Já tá na hora de ele sentir vergonha da mãe?)

Na porta da sala pergunto: “quer que eu fique um pouquinho?” e para meu alívio recebo um sim como resposta. Mas eu tô sobrando ali. A professora percebe que ele está super a vontade e sugere que ele diga tchau pra mamãe… 15 minutos depois.

Dá uma mistura de sentimentos. É tão bom ver ele seguro de si. Dá um medo danado de ver ele tão grande. O próximo passo vai ser roubar o carro para dirigir escondido?