Diário Caipira-145

Fui num curso hoje sobre violência doméstica. A palestrante estava falando sobre o problema da agressividade. Eu não sei quantas vezes já fiz o mesmo curso, mas essa foi a primeira vez que justo essas palavras ricochitiaram dentro da minha cachola.

AGRESSIVIDADE é um problema. É um problema de saúde pública. Mas ninguém se preocupa com isso da mesma forma que as pessoas se preocupam (ou não) com o corona. Mas digamos assim que ao menos as autoridades se preocupam com o corona. E tem se esforçado para enfrentar o problema. Um grande número de empresas e profissionais de ciência e tecnologia estão buscando uma solução para a doença que chegou em 2019.

A agressividade mata e deixa sequelas na vida de crianças, mulheres, pessoas negras, pobres, idosos, pessoas com deficiência… Mas a gente normaliza. A violência doméstica – que não é apenas a violência contra a mulher – a gente deixa de lado com um simples dar de ombros.

Estamos em um enorme descompasso, agindo como animais irracionais em uma sociedade complexa e moderna. E a gente ainda justifica a barbárie.

A agressividade é um grande problema.

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s