Diário Caipira-161

Tudo muda, o tempo todo. E a gente dança conforme a música que o corona toca.

Agora a música que o Covid toca é uma marcha. Mas não é marchinha de carnaval nem tampouco marchinha de bailão (alguém ainda dança marchinhas?), e sim marcha do tipo militar, exigindo ordem e… atenção. Os casos dispararam entre as semanas 42 e 43 (dobraram) e a agência de saúde pública comunicou hoje que as pessoas devem evitar aglomerações e nem mesmo encontrar pessoas com as quais não convivem.

Eu imagino o que vai mudar amanhã no meu trabalho. A minha situação no meu emprego é muito confortável comparada a de várias outras pessoas que eu conheço e sou imensamente grata. É também por causa disso que sou flexível. Ainda assim não me anima a perspetiva de voltar para o meu departamento de auxílio financeiro.

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s