Diário Caipira – de Festas

Bem, a Suécia está em mau lençóis em assunto de corona. A vacina começa a ser aplicada já no início do primeiro trimestre de 2021. Ainda que a maioria dos suecos estejam céticos, dizem que irão se vacinar pelo bem comum.

Assim que chegou o Natal e os supermercados ficaram sem salsichas, pão e carvão. Todos queriam comemorar a festividade ao ar livre, para assim poder encontrar a família. Foi… interessante. No Brasil ninguém pensaria sair quando fazem 2°C para um churrasco ao ar livre. Hoje saímos caminhar com os meninos e haviam famílias fazendo piquenique a beira do lago (-3°C).

Sim, há aquele velho bordão sobre “não haver tempo ruim quando as roupas são adequadas”. Ainda assim, sinto que preciso treinar mais… fica nervosa por ver gelo e neve e ficar fora – ainda que esteja corretamente vestida em camadas.

As crianças ficaram muito satisfeitas com o advento e o Natal. Seguimos as tradições suecas de ter calendários de advento, de vários tipos: um de chocolates (presente de avó); um de livros; uma série de TV sobre o Natal e um podcast. A série de TV desse ano contava uma história que caiu nas graças do público, e uma das atrizes mirins no papel principal é brasileira. Não seguimos essa história porque parece que era mais interessante para crianças um pouquinho mais maduras. Isso não nos impediu de assistir uma das séries do Natal de 2016.

Essa mistura de tradições me deixa muito contente. Os meninos ganharam uma linda bíblia ilustrada de presente de Natal e adoraram a história do nascimento de Jesus. Também tivemos a visita de um duende, um dos ajudantes do Papai Noel que se mudou para nossa casa após as festividades de Lúcia. Um duende mais tímido e menos bagunceiro do que o que tivemos no Natal passado. Ele foi embora com Papai Noel na noite de véspera do Natal.

Aqui é deveras importante que alguém da família se fantasie de Papai Noel e entregue os presentes. Eu prefiro que o Papai Noel em passoa deixe os presentes durante a noite. Dessa vez ele tinha um prato de nhoque esperando por ele…

Há muita saudade agora. Quase me sinto triste. Mas as crianças me dão a graça de viver festas mágicas. Indiferente de distância ou corona.

Desejo a vocês o mesmo. Boas Festas!!

Agora vamos prosear!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s